Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

Dicas Guest Post

5 Dicas de SEO para quem tem um site de seguros

O termo Search Engine Optimization, mais conhecido pela sigla SEO, diz respeito a uma área do marketing digital voltada para a otimização de sites e conteúdos para os mecanismos de busca. Dessa maneira, é por conta do SEO que você escolhe clicar neste artigo e não em outro quando busca por dicas sobre o assunto no Google, por exemplo.

Além disso, ainda que existam outras maneiras de adquirir tráfego, o SEO é uma das mais importantes para qualquer site. Afinal, é por meio dele que um domínio adquire a maior parte de seu tráfego orgânico.

Para ajudar você a posicionar bem o seu site de seguros ou de qualquer outro nicho nos mecanismos de busca, este artigo reúne cinco dicas imperdíveis. Nas próximas linhas, conheça cada uma delas. Confira!

Verifique o seu site no PageSpeed Insights

PageSpeed Insights é uma ferramenta do Google feita para facilitar a identificação de problemas em relação à velocidade em sites. Nessa lógica, ao entrar no site da aplicação, basta colocar a URL do site que deseja analisar e clicar em “Analyse”.

Em seguida, serão feitos diversos testes diretamente relacionados ao desempenho do site em questão, bem como outros pontos importantes como acessibilidade. Ao final, será gerada uma nota que deve ser utilizada como base de melhoria.

Como dica extra, não pense em tirar a nota máxima no PageSpeed Insights, mas apenas ter uma boa nota de desempenho tanto para computadores quanto celulares. Afinal, todos esses pontos apontados pela ferramenta estão diretamente relacionados ao SEO.

Busque otimizar a estrutura do código do seu site

O SEO está diretamente presente na forma como um site é feito, independentemente da plataforma que utiliza. Dessa maneira, o tipo de tag HTML utilizada para definição de menus, títulos, imagens etc., como exemplos, podem afetar diretamente o SEO de um site.

Uma imagem em um site sem uma alt tag, por exemplo, pode dificultar que ela seja encontrada e, consequentemente, o artigo. Para evitar problemas nesse sentido, busque otimizar o máximo possível a forma como seu site foi construído.

Otimize os conteúdos do site para o Google

Para que um artigo seja bem posicionado no Google é preciso que ele esteja muito bem otimizado para o SEO. Logo, é imprescindível que os conteúdos de seu site estejam otimizados e, para isso, basta seguir algumas dicas.

Em geral, busque definir palavras-chaves para os seus textos, com base em dados de ferramentas como Semrush e utilize-as de forma adequada. Não se esqueça de utilizar bullet points sempre que possível, dividir o artigo em pequenos blocos de texto, separá-lo com bons intertítulos e assim por diante.

Dê preferência a imagens leves

Ao utilizar o PageSpeed Insights, poderá observar que um dos pontos levados em consideração pela ferramenta é o tamanho das imagens em uma página. Basicamente, imagine que ao entrar em um site todo o conteúdo dele precisa ser carregado e quanto mais leve ele for mais rápido ele será exibido.

De forma geral, as imagens tendem a ser a parte mais pesada na maior parte dos sites e por isso é tão importante ter atenção ao tamanho delas. Para conseguir imagens leves, a dica é que utilize ferramentas de compressão como o Tinypng e sempre opte por tamanhos que estejam dentro do necessário apenas.

Ou seja, não há motivos para colocar uma imagem em 4k em um simples artigo sobre proteção veicular ou seguro se você pode colocar uma imagem em uma resolução menor e obter o mesmo resultado. Com isso, o site será carregado de forma mais rápida, algo que será excelente para o SEO.

Invista em acessibilidade

Como última dica, mas não menos importante, não se esqueça de investir em acessibilidade em seu site. Nesse sentido, acessibilidade é um ponto levado em consideração pelo Google e os demais mecanismos de busca na hora de posicionar um site.

Para tornar a sua plataforma mais acessível, você pode seguir as seguintes dicas:

  • Utilize tags semânticas na construção de seu código;
  • Forneça diferentes formas de consumir o conteúdo, como áudio e vídeo;
  • Certifique-se de os botões do site são facilmente clicáveis;
  • Tenha cautela com o contraste de cores entre fundo e texto;
  • Dê atenção ao tamanho do texto e a fonte escolhida.

Existem inúmeras outras dicas que estão relacionadas a acessibilidade em um site é impossível abordar todas em único artigo. Portanto, busque informações sobre o assunto para aplicá-las e se diferenciar da sua concorrência.

Já que chegou até aqui, que tal compartilhar este artigo em suas mídias sociais para que ele ajude ainda mais pessoas?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.