Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

Guest Post

Como elaborar um cronograma de limpeza para o seu restaurante?

Condições de higiene são básicas para a vigilância, mas também podem ajudar ou atrapalhar a atrair clientes

Todos os comércios devem, obrigatoriamente, ser limpos. É o mínimo que o proprietário pode oferecer ao cliente. Quando falamos em uma loja, por exemplo, isso já é importante. Mas quando se tem um restaurante ou qualquer estabelecimento que venda comida, a higiene e limpeza devem ser levadas a outro nível.

A vigilância sanitária está aí para isso, garantindo as condições mínimas de funcionamento para esses locais.  A inspeção é uma forma de assegurar ao cliente que a qualidade dos alimentos e seus preparos atendem aos padrões, ou seja, que não oferecem grandes riscos à saúde.

Isso é o básico e, muitas vezes, é um processo que ninguém vê. Mas ter um restaurante bagunçado, sem a devida limpeza para receber os clientes pode afastá-los e até criar uma fama ruim para o estabelecimento.

Hoje, vamos te ensinar a montar um cronograma de limpeza para deixar seu restaurante impecável e atrair muitos clientes. Vamos lá?

Passo a passo da limpeza do restaurante

Para uma melhor organização, é preciso reunir a equipe toda e estabelecer um cronograma que deve ser cumprido à risca. Sem constância não é possível adquirir bons hábitos nem torná-los rotineiros.

Saiba agora como começar: 

Tenha bons produtos

Escolha marcas que você conheça e que saiba que são eficientes na limpeza. Comprar os itens mais baratos nem sempre é a melhor saída. Alguns não rendem muito e vão demandar maior quantidade para surtir o efeito desejado. 

Saiba também as suas necessidades. Para restaurantes, o melhor é apostar em limpadores de pisos e de superfícies diversas, lembrando que cada móvel precisa de um tipo de produto. Madeira e água, por exemplo, são inimigos e assim por diante. 

Desengordurantes e desinfetantes também são essenciais para a cozinha e o banheiro. No mais, sabão neutro, sabão em pó e água sanitária também são grandes aliados na limpeza pesada de chão e toalhas de mesa.

Determine os horários de limpeza

Estabeleça um horário de limpeza diferente da hora de funcionamento. Não pega bem ver alguém limpando o chão do restaurante enquanto a comida é servida. Deixe essas situações para casos extraordinários. 

Então, há quem opte pela limpeza depois do expediente, outros antes de o trabalho começar. Aí vai da sua gerência mesmo.

Mas é sempre importante destacar que a cozinha precisa estar impecável e com reforço durante todo o horário de atendimento. Coloque funcionários sempre higienizando louças e panelas usadas, além de fogões e chapas.

A única coisa que não deve ser deixada para depois é a cozinha mesmo. Já imaginou atender até meia-noite e deixar a louça suja até o dia seguinte? Com certeza dará muito mais trabalho.

Outro detalhe que não pode ser deixado de lado: o banheiro. De tempos em tempos é importante conferir se está tudo em ordem e se os dispensadores de papel e sabão estão sempre cheios.

Faça uma checklist das tarefas

Faça um cronograma com hora, tarefa e quem deve fazer o quê. Assim, nada passa despercebido e cada um sabe o que deve ou não fazer em determinado momento.

No entanto, não se esqueça de deixar alguém responsável por essas atividades. É importante para ver se não há uma pessoa mais sobrecarregada que outra e se os produtos e serviços têm atendido às expectativas dos clientes. 

Defina, no seu cronograma, além das tarefas diárias, o que deve ser feito semanal e mensalmente. Arrumar e repor o estoque é um bom exemplo. 

Mantendo tudo em ordem nos processos de limpeza, isso refletirá diretamente em outras áreas também. Torna-se muito mais fácil ter controle do que é ou não gasto e como é possível tornar processos e orçamentos mais assertivos.

Não se esqueça dos cuidados com a Covid-19

Apesar de ver que a vida está voltando ao normal, todo o cuidado é pouco. Por isso, respeite as regras de lotação e distanciamento estabelecidas na sua cidade em relação ao coronavírus.

Deixe sempre disponíveis potes de álcool em gel em todas as mesas e também na cozinha e nos balcões de atendimento. Se possível, use barreiras de vidro separando o atendente do caixa  dos clientes na hora do pagamento.

E não esqueça: máscaras de proteção facial em todos os funcionários! É uma questão de higiene que ainda deve permanecer por algum tempo.

Agora, é só colocar tudo em prática e conhecer os benefícios de ter uma rotina bem definida, organizada e livre de “deixei para fulano fazer e ele não fez”. Organização é tudo e seus clientes não precisam conviver todos os dias no ambiente para notar isso.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.