Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

WordPress

7 Dicas para melhorar a velocidade do WordPress

As dicas para melhorar a velocidade do wordpress são essenciais para você ser capaz de ter um site de qualidade, com um alto poder de conversão.

Em suma, sites e blogs mais rápidos atraem mais o público e permitem que as suas estratégias fluam com mais naturalidade.

Pensando nisso, separamos aqui as melhores maneiras de acelerar suas plataformas.

Então, pegue o seu bloquinho de notas e não perca mais tempo!

1. Rede de entrega de conteúdo (CDN)

A rede de entrega de conteúdo é um plugin que permite que o seu site fique restrito para visitantes e mecanismos de busca.

Isso significa que o plugin consegue filtrar o tráfego, para que invasores não consigam acessar a sua plataforma.

Dessa maneira, dá para evitar que as páginas fiquem pesadas, acelerando o tempo de carregamento.

Utilizando o CDN, da Gocache por exemplo, dá para acelerar uma página em mais de 80%.

2. Hospedagem de site entre as dicas para melhorar a velocidade do wordpress

A hospedagem é sempre um assunto que surge quando o assunto é site e blog.

Afinal, esse é o lugar onde todas as suas páginas ficam salvas, garantindo o bom funcionamento e evitando erros.

O ideal é que você sempre analise o seu site para então escolher as melhores opções de hospedagem.

Já que sites com mais imagens e vídeos podem precisar de características específicas, ao contrário de páginas focadas em conteúdos escritos.

Uma dica é sempre escolher uma hospedagem que tenha proxy reverso e HTTP.

Isso faz com que as páginas consumam menos memória de um servidor, melhorando a navegação e aumentando a rapidez de carregamento.

3. Mantenha apenas os plugins que você precisa

Um dos erros dos iniciantes é começar a instalar todos os tipos de plugins e deixá-los ali rodando, mesmo quando não usa.

Os cursos online sempre apresentam dicas de plugins interessantes, que você deve analisar.

Entretanto, isso não quer dizer que você precise de todos.

Pelo contrário, o excesso pode ser nocivo para a sua página, deixando todo o tráfego comprometido.

Dessa forma, o ideal é reduzir o número daqueles que estão instalados e manter apenas os que realmente usa e precisa.

Uma dica especial é manter ou instalar os plugins que auxiliam na velocidade.

Como por exemplo o WP Smush.it e o WP Super Minify.

4. Otimização de SEO

A otimização de conteúdo é um assunto que sempre surge, seja para aumentar a velocidade de um site, melhorar o tráfego e conversão e assim por diante.

Ou seja, é muito importante para todo o seu negócio.  

Os sites que são bem otimizados melhoram a posição nos mecanismos de busca, fazendo com que suas páginas apareçam nas primeiras páginas.

Dessa forma, o ideal é que você organize a sua estrutura e foque em uma boa otimização.

Inclusive, isso inclui escolher um tema já otimizado, como o GeneratePress e o OceanWP.

5. Os aparelhos móveis também precisam de agilidade – Dicas para melhorar a velocidade do WordPress

Se você está fazendo algum tipo de curso, pode ser que já tenha lido o termo “responsivo”.

De maneira geral, a maior parte dos usuários fazem pesquisas e acessos através de tablets e celulares.

Logo, o seu site ou blog precisa estar pronto para receber esse tipo de tráfego, que é diferente do acesso através de um computador.

Pensando nisso, o primeiro passo é tornar o seu site responsivo.

O que significa que as páginas vão se adaptar ao dispositivo, incluindo avisos e barras de rolagem, imagens bem como vídeos.

Mas não é só isso.

A recomendação é escolher ícones que sejam mais leves, fontes mais simples e botões mais limpos e simples.

Botões muito robustos deixam o site mais pesado, assim como um designer muito pesado ou que carrega tudo em excesso.  

6. Fique de olho no banco de dados

O banco de dados é onde tudo fica salvo: textos, fotos e imagens, vídeos, infográficos e assim por diante.

O problema é que, neste espaço, também fica salvo o que você não está usando.

Por exemplo, uma imagem que foi alterada ou um texto que foi revisado.

É possível que o arquivo antigo ainda se mantenha salvo no banco de dados, sobrecarregando o sistema e deixando as páginas mais lentas.

Dessa forma, é preciso otimizar esse banco de dados, limpando tudo o que pode ser descartado.

Uma dica importante é sempre fazer um backup dos seus conteúdos, já que depois que é apagado do banco de dados, não dá para recuperar.

Então, o backup auxilia para os casos de precisar de algum arquivo que foi deletado.

7. Deixe as páginas com um limite de exposição

As páginas sempre apresentam outras dicas de conteúdos, para melhorar o tráfego dos usuários dentro do seu site.

Porém, quando existem muitas opções, além de reduzir o tráfego, isso sobrecarrega toda a plataforma.

Portanto, deixa o site mais “pesado” e lento. O que é um problema.

A partir disso, a regra é reduzir as páginas de exposição, colocando apenas alguns conteúdos que possam ser interessantes para o público.

Por exemplo, se a página está falando sobre “pets que fazem xixi no lugar errado”, você pode colocar na exposição páginas sobre:

  •         Como treinar os pets;
  •         Dicas de limpeza do ambiente;
  •         Produtos para tirar cheiro de xixi;
  •         Diferenças entre treinar pets filhotes e adultos;
  •         Como a alimentação e os petiscos impactam no xixi, etc.

Não existe exatamente um número ideal, mas a recomendação geral é sempre deixar em torno de cinco opções.

Aproveite para fazer seu curso com certificado online e colocar todas essas dicas em prática.

Dica extra

Existem ainda muitas outras dicas para melhorar a velocidade do wordpress e que podem alavancar o seu negócio online.

Você pode dividir conteúdos muito extensos, otimizar todas as mídias, como imagens e vídeos, verificar o HTML e CSS e muito mais.

Logo, estude e coloque em prática.

Por fim, você ainda ficou com alguma dúvida ou gostaria de saber mais sobre o tema?

Comenta aqui embaixo para que eu possa ajudar você ou aproveite para compartilhar as suas dicas com nossos leitores.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.