Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

Dicas

Como ter sucesso no marketing jurídico: dicas essenciais

Afinal, como ter sucesso no marketing jurídico? Se você deseja aumentar a quantidade de clientes do seu escritório de advocacia ou se tornar uma autoridade na web, não pode deixar de responder a essa pergunta.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, oferecemos algumas dicas para advogados que desejam utilizar o marketing a seu favor, sem infringir as normas do Código de Ética da OAB. Acompanhe!

Conheça o seu público-alvo

Toda estratégia de marketing deve começar por um estudo das dores e expectativas do público-alvo.

Sem esse conhecimento é praticamente impossível entender as necessidades desse público e oferecer um serviço que esteja à altura delas.

Nesse sentido, a melhor maneira de direcionar com ainda mais eficiência os trabalhos de um escritório de advocacia é desenvolvendo um estudo de persona. Esse estudo deve compreender as seguintes variáveis de um público:

  • Interesses pessoais e profissionais;
  • Hábitos e estilo de vida;
  • Problemas e dificuldades;
  • Objetivos que possui.

Com esses dados levantados, pode-se elaborar um personagem que representa o perfil de cliente ideal de um advogado ou escritório.

Invista em identidade visual

Uma marca forte precisa de uma identidade que fortaleça a comunicação com seu público e reforce o posicionamento de um advogado ou escritório.

Deve-se pensar não somente o logotipo, como, também, a imagem dos materiais a serem exibidos e distribuídos e o design e layouts de sites e páginas.

Todos esses aspectos devem ser pensados de maneira coesa, enfatizando a missão e os valores dos profissionais de advocacia.

Ademais, deve-se evitar o desleixo tanto quanto possível. O cuidado na aparência deve dar a tônica em toda a apresentação de um advogado.

Mantenha vários canais de comunicação

Um dos grandes objetivos do marketing jurídico é facilitar a comunicação entre clientes e advogados.

E uma das principais formas de se fazer isso é otimizar os canais de acesso dos clientes, de maneira a possibilitar esse contato e evitar as desistências.

Por isso é tão importante manter as vias de comunicação sempre abertas e ativas, seja em redes sociais e e-mails, seja por meio de telefone ou WhatsApp.

Não podemos esquecer das ferramentas digitais que agilizam o atendimento ao público que chega até um escritório, como os bots de atendimento.

Elas evitam que mensagens sejam esquecidas na caixa e podem atender a diversas demandas a qualquer hora ou dia, mesmo fora do horário comercial.

Outra ferramenta que pode ser usada com muito proveito no marketing jurídico digital é o e-mail marketing.

Além de poder compartilhar conteúdos, essa ferramenta possibilita o estreitamento das relações entre advogados e clientes (ou leads).

Atenção às limitações

Por fim, não se pode deixar de lado o que está proibido pelo Código de Ética da OAB.

Esse código estabelece o que não pode ser aplicado no marketing jurídico. Por exemplo, há a proibição expressa da publicidade em veículos de comunicação da TV ou do rádio.

Também não é permitido o uso de jargões comerciais mais apelativos, comumente usados pelos varejistas.

Os preços dos honorários também não podem ser anunciados. Essa informação deve ser passada de maneira pessoal, a cada cliente.

Marketing jurídico: aproximando advogados e clientes

Para concluir, podemos dizer que utilizar as dicas que oferecemos nesse artigo é uma excelente forma de aproximação entre os profissionais da advocacia e seu público-alvo.

Não podemos esquecer que o sucesso no marketing jurídico somente é possível com uma boa gestão de escritórios de advocacia, na medida em que essas áreas atuam de maneira integrada na busca por soluções que potencializam resultados.

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.