Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

Guest Post

Google Analytics: 4 passos para monitorar o seu blog

O Google Analytics é uma poderosa ferramenta de análise disponibilizada pela gigante da tecnologia para que você consiga identificar todos os principais resultados referentes a uma página na web que possua.

Esta ferramenta de monitoramento e análise possui uma série de vantagens que facilitam a vida de qualquer empreendedor que deseja compreender a movimentação de clientes em seu blog, por exemplo:

  • Monitorar perfil de acesso;
  • Integração com outros serviços;
  • Informações detalhadas;
  • Acesso em tempo real.

A ferramenta possui uma vasta gama de serviços completamente gratuitos, sendo um dos principais meios de compreender o funcionamento de sua página na internet.

Dentre as principais vantagens de utilizar a ferramenta, a principal delas certamente é compreender seu tráfego para conseguir aplicar corretamente ações de marketing e de engajamento com o público.

Você pode comprar um computador novo para sua empresa e deixá-lo separado para avaliar constantemente o fluxo de informações, aproveitando ao máximo a ferramenta.

A maioria das informações até mesmo para montar seu público-alvo estão relacionadas diretamente com a aplicação.

Uma vez que o Google Analytics permite que você identifique os acessos por faixa etária, gênero, idade e outros pontos importantes para estipular quem está acessando seu conteúdo.

Por meio da ferramenta, você consegue identificar os períodos de maior acesso em seu blog. 

Assim, seu conteúdo poderá ser adaptado para momentos de pico, alcançando mais usuários e melhorando o retorno geral da empresa.

Além disso, você pode programar suas ações baseadas nestes acessos, identificando os melhores momentos para interagir com seu público e obter melhores respostas. 

Dessa forma, você sempre conseguirá um bom engajamento em suas ações.

A taxa de rejeição também é um bom ponto para se cobrir usando o Google Analytics. Esse fator da ferramenta avalia pessoas que acessaram um único link de seu blog e foram embora.

Uma empresa de controle de bens patrimoniais tem a garantia de que está tendo bons acessos quando a taxa de rejeição fica em valores baixos.

O ideal é que esta taxa de rejeição seja baixa, para conseguir clientes mais fidelizados.

Quando você não consegue gerar visitas em seus produtos ou serviços, o problema pode ser na forma como o conteúdo está sendo apresentado.

Ao avaliar a taxa de rejeição, você consegue identificar os principais pontos da empresa e como melhorar o contato direto com seu público, alcançando situações mais próximas do sucesso.

Entender o problema de rejeição em seu blog é um passo importante, uma vez que quanto mais os clientes passarem consumindo seu conteúdo, mais eles se abrem para oportunidades de negócio que podem ser exploradas por sua equipe de vendas.

Um outro ponto importante do Google Analytics é identificar como as pessoas acessam seu conteúdo. 

Hoje em dia, o avanço da tecnologia permite que pessoas do mundo inteiro acessem sites e blogs simplesmente com seus aparelhos de telefonia.

Seja por meio de um smartphone, tablet ou outra ferramenta, identificar os principais meios de acesso a seu blog pode te dar insights sobre o design do mesmo e como otimizar a plataforma.

Uma pessoa que vende impressão de calendário de mesa pode ter boa parte de seu fluxo de consumo pelo celular, e não estar preparada para isso.

Um blog que recebe muitos acessos pelo celular, por exemplo, deve pensar em um layout responsivo, que se adapte aos vários tamanhos de tela disponíveis. 

Além disso, todas as ações de marketing digital devem ser pensadas para este modelo.

Chamadas a ação, imagens e banners publicitários precisam estar de acordo com o conteúdo que seu público está consumindo, do contrário eles não terão um efeito tão positivo nesse tipo de ação.

Passo a passo para o Analytics

Por ser uma ferramenta muito completa, é comum que o Google Analytics assuste pessoas que não estão acostumadas a avaliar resultados e métricas.

Por isso, é preciso ter concentração e aproveitar o conteúdo para conseguir explorar melhor todas as oportunidades que ele propõe.

1. Verifique a configuração

Alguns elementos são fundamentais para qualquer tipo de métrica, como é o caso do relatório em tempo real. 

Entretanto, você precisa definir quais são os pontos mais importantes que deseja avaliar no consumo de seu conteúdo.

A plataforma do Google Analytics é extremamente moldável, permitindo que você coloque qualquer filtro que desejar ou relatório que tenha interesse de ver, montando uma página inicial personalizada que garante todas as informações necessárias em fácil alcance.

Uma empresa que produz cabine de estudo individual precisa realizar todas as configurações corretas para conseguir acessar o conteúdo da plataforma corretamente.

Entretanto, você precisa compreender os objetivos e resultados que tem interesse em procurar, do contrário pode acabar não conseguindo utilizar corretamente a plataforma. 

Isso porque existem muitas possibilidades, e você pode acabar ficando perdido.

2. Atualize o painel do administrador

Por ser uma ferramenta usada no mundo inteiro, existem alguns padrões que devem ser modificados para se adaptar melhor a sua realidade. 

Para que estas alterações sejam feitas, você precisa conhecer e se familiarizar com o painel do administrador.

É nesta área que estarão todas as informações relevantes a você, com diversos pontos que precisam ser verificados para garantir que você terá uma experiência realmente valiosa utilizando o google analytics.

O primeiro ponto que você deve verificar no painel do administrador é se o fuso horário está de acordo com o de sua cidade. 

Isso porque para a utilização de uma das principais ferramentas da plataforma, é preciso ter o fuso horário em dia.

Afinal, se você utilizar o fuso horário errado para identificar os momentos de pico de acesso, pode criar toda uma estratégia de marketing digital para engajar o público que estará fadado a falhar, uma vez que a informação estava errada.

Por isso, ao verificar o status de sua página de aluguel de sala comercial compartilhada, você precisa identificar todos os detalhes de sua conta.

Assim, as publicações irão em um horário diferente daquele estipulado, sendo uma grande perda de tempo e recursos para sua empresa, e pode acabar gerando até mesmo prejuízos financeiros.

Além disso, é importante registrar e verificar a moeda que está cadastrada em seu perfil. 

Isso evita uma série de problemas de conversão e de relatórios de venda, além de alinhar os relatórios com a realidade de seu país.

Além disso, você conseguirá ter um conceito mais adequado de valores quando decidir impulsionar uma publicação, ou seja, contratar o serviço da própria Google para alavancar seu blog e ficar no topo de pesquisas relacionadas a suas palavras-chave.

3. Atualize suas seções

Conhecer a plataforma não requer conhecimentos técnicos profundos, mas você deve compreender todas as funcionalidades que ele apresenta. 

Dentre as principais seções que a maioria dos empreendedores busca, podemos citar:

  • Elemento geográfico;
  • Dispositivos;
  • Origem do tráfego;
  • Detalhes do público.

Com estas informações, você consegue realizar diversas análises mais aprofundadas com relação a seu conteúdo e o público consumidor.

Com a geografia local, você consegue ver o quanto está conseguindo engajar em seu próprio território ou se o blog acaba tomando proporções maiores, como nacional e até mesmo internacional.

Uma empresa de gravação de áudio pode ter um nicho específico procurando por ela, e pode criar novas técnicas de engajamento sabendo desta informação.

 

Isso se reflete na origem do tráfego, que pode identificar uma série de mudanças que você precisará fazer em suas estratégias de marketing. Identificar um grande acesso do público internacional pode significar que seu nicho está se expandindo.

Os dispositivos e detalhes do público são muito importantes para a criação de seu público-alvo, conseguindo compreender uma série de detalhes que fazem a diferença neste primeiro momento.

É com estas informações que você consegue criar uma ambientação para identificar quais são os principais pontos de qualquer ação de marketing utilizando uma linguagem específica, para atingir um determinado público.

Assim, uma fabricante de sacola tecido consegue entender exatamente para que público deve fazer suas campanhas de marketing.

É também uma forma de descobrir quem está ativamente procurando seus produtos ou serviços, identificando o tipo de ação publicitária que você deve começar a planejar.

4. Segmente

Para uma análise mais aprofundada dos dados e relatórios recebidos, é importante ter em mente que você não pode lidar com elementos genéricos. É preciso trabalhar atentamente com todas as ferramentas que estiverem à sua disposição.

Por isso, conseguir segmentar seus relatórios através da personalização de informações permite que você tenha uma visão mais ampla de seu negócio, principalmente, quando você está definindo pontos importantes para explorar em suas ações futuras.

Para melhor conhecimento, uma empresa que fabrica gaveteiro para arquivo pode criar diversos relatórios segmentados para conseguir bons resultados.

É possível identificar no Google Analytics todos os resultados orgânicos, os resultados pagos, quantas pessoas vieram até seu conteúdo por redes sociais e uma série de outras informações que podem ser fundamentais para ajudar a compreender melhor sua empresa.

Considerações finais

A Google é uma empresa que possui muitas alternativas para auxiliar pessoas em qualquer nicho de atuação. 

Tanto empresários quanto clientes podem se beneficiar destas ferramentas, que tornam a utilização da internet muito mais prática e dinâmica.

Dentre estas ferramentas, uma das mais importantes para qualquer pessoa que deseja utilizar um blog de forma profissional é o Analytics.

Ele permite que você compreenda todo o fluxo de acessos e como este fluxo surge, possibilitando uma análise muito mais profunda de todos os elementos envolvidos no tráfego de informações.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.