Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

SEO

Como escrever textos otimizados para SEO

Se você pretende trabalhar com Marketing Digital, seja para uma empresa sua, seja em uma agência do segmento, precisa saber como escrever textos otimizados para SEO.

Afinal, parte dos elementos de otimização para aproveitar as 100 bilhões de buscas mensais do Google está sim na qualidade do conteúdo e maneiras como ele foi redigido.

Portanto, se você pretende trabalhar como Redator SEO ou usar esse conhecimento a seu benefício, então siga a leitura do artigo para entender como escrever textos otimizados para SEO!

Pense na persona para saber como escrever textos otimizados para SEO

Muita gente diz que o texto otimizado para mecanismos de busca começa com a escolha da palavra-chave correta. No entanto, isso não é verdade.

O processo de otimização de um texto para SEO começa um pouco antes: na compreensão da persona.

A persona é a chave de todo processo de marketing digital. Isso significa, portanto, que todas as ações devem girar ao redor dela.

No entanto, a redação para web é a única parte do Marketing Digital que não tem poder de definir a persona, mas apenas se adequar a ela.

A persona é importante para a redação pensando no SEO para fortalecer o tempo de leitura do artigo. O tempo médio na página é fator essencial para o ranqueamento do texto.

Por isso, é importante se comunicar adequadamente com o seu público leitor. Por exemplo, pense em um banco cujo negócio seja oferecer empréstimos. Esse banco pode ter duas personas: um empresário com formação superior que quer crédito para o seu negócio ou um cidadão de escolaridade baixa que precisa de empréstimo para quitar as dívidas.

Para o primeiro caso, é permitido usar termos um pouco mais complexos e não precisar explicar procedimentos comuns de um processo de empréstimo.

Já para ter a atenção e se comunicar adequadamente com a segunda persona, é essencial explicar processos que não são óbvios ou de conhecimento daquele público de uma maneira simples, com palavras mais acessíveis.

Escolha a palavra-chave correta para o texto

A escolha da palavra-chave é um elemento crucial para a otimização do artigo. No entanto, muita gente erra nesse elemento.

Em primeiro lugar, é essencial separar a palavra-chave entre termos de cauda longa e de cauda curta.

Os termos de cauda longa são aqueles com mais palavras e baixa demanda. Já os de cauda curta são aqueles com poucas palavras e maior demanda.

Por exemplo:

  • Aparelho dentário = duas palavras = 18.100 buscas mensais = cauda curta;
  • Aparelho dentário de porcelana = quatro palavras = 590 buscas mensais = cauda longa.

Muitos iniciantes acreditam que somente as palavras de cauda curta importam, pois elas têm maior demanda. Elas são importantes, sim, mas as de cauda longa também, especialmente no começo de uma estratégia.

Afinal, é mais fácil ranquear em um termo com cauda longa do em um de cauda curta.

Além disso, é importante considerar o estágio do funil de vendas exposto pela palavra-chave.

Por exemplo, imagine os três cenários abaixo:

  • Reduzir custos da empresa;
  • Consultoria de contabilidade;
  • Contabilidade em São Paulo.

Cada um deles corresponde a um estágio do funil de vendas de um empresário. No primeiro, ele busca por maneiras de entender como reduzir os seus custos. Uma dessas maneiras é a contabilidade.

Em seguida, o conteúdo de Consultoria de Contabilidade o ajuda a entender o processo e suas vantagens. Por fim, no fundo do funil, ele busca por uma consultoria que esteja próximo dele.

Cada palavra-chave pede um estilo de conteúdo específico com base na sua persona. Por isso, é importante pensar muito em qual termo escolher para o seu artigo.

Considere a densidade da palavra-chave durante o artigo

Depois de definir a palavra-chave do seu artigo, é importante utilizá-la na densidade correta.

Segundo uma pesquisa de uma das maiores empresas de Marketing Digital no mundo, a média de palavras dos artigos nas primeiras páginas no Google é de 1890.

Ou seja: aproximadamente 2000 palavras é o tamanho ideal para um conteúdo ser ranqueado no Google.

Com base nisso o ideal é ter algo entre 0.5% a 1% ou um pouco mais de densidade do termo que se pretende usar. Ou seja: de 10 a 20 menções da palavra-chave.

No entanto, se você optar por um conteúdo menor, de 800 palavras, por exemplo, o ideal é ter de 4 a 8 menções.

Além disso, é importante usar termos que sejam semanticamente próximos, mas não sejam exatamente a mesma coisa. Por exemplo, um artigo sobre “investir em ações”, pode levar também “comprar ações”, “investir na Bolsa”, “comprar ações na Bolsa” e outros termos parecidos.

Foque na meta description e no SEO Title para ganhar mais cliques

Se você usa um plugin de SEO no seu blog, como o Yoast, provavelmente já viu campos como o SEO Title e o Meta Description.

Na prática, eles não são fatores oficiais de ranqueamento, mas são importantes para o seu SEO. Isso porque eles ajudam a aumentar ou diminuir a taxa de cliques.

Quanto mais cliques na busca no Google, melhor será o seu posicionamento (desde que os leitores permaneçam na sua página).

Por isso, é importante criar títulos e descrições adequadas para o seu conteúdo, de modo que atraia cliques, mas sem exagerar no clickbait e afastar o seu público.

E aí, aprendeu como escrever textos otimizados para SEO? Então agora é só colocar essas dicas em prática e começar a colher os resultados da estratégia!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.