Pagar ou não pagar por um antivírus? Eis a questão!

A internet é parte essencial do cotidiano e pode ser usada de infinitas maneiras, inclusive de forma mal intencionada, o que torna a preocupação com segurança online imprescindível. E para se proteger e evitar a perda de dados e informações sigilosas, pessoais ou profissionais, o uso de um bom antivírus atualizado é necessário.

No momento da escolha, porém, é comum se questionar o motivo de escolher um antivírus pago. Para ajudá-lo a se decidir, apresentamos algumas considerações sobre quais os fatores devem pesar na sua decisão, e sobre como deve ser escolhido o programa para evitar contaminações no seu computador.

Via Free Digital Photos

A maioria dos usuários tende a optar por versões gratuitas, que são baixadas em sites especializados ou diretamente no site das empresas desenvolvedoras. Esses pacotes gratuitos costumam ter uma ação simples e localizada, ou seja, identificam o vírus e o retiram do sistema. No entanto, para infecções mais elaboradas, eles são ineficientes. Além disso, cibercriminosos costumam criar antivírus gratuitos falsificados para fazerem o oposto do que deveriam.

Nesse sentido, confira algumas dicas sobre como evitar e fugir de um antivírus falso:

  • Não clique em links suspeitos: é a regra de segurança número 1 da internet;
  • Confira a procedência do site: prefira os especializados e com boas indicações;
  • Preste atenção ao nome do antivírus: empresas idôneas, como a Bitdefender, por exemplo, costumam batizar seus produtos com denominações específicas.
    Nomes genéricos como “control center, antivírus 2011” têm grandes chances de serem falsificações;
  • Pesquise, pesquise e pesquise: procure fóruns, peça conselhos a especialistas e conhecidos até certificar-se por completo da confiabilidade de tal produto.

Mesmo tomando todas as precauções acima, nada garante que o produto baixado seja confiável. Isso porque é cada vez maior a sofisticação dos cibercriminosos. Por isso, é melhor optar por antivirus pago, que é a maneira mais eficaz de se proteger, sem maiores complicações e com menor risco.

Via Free Digital photos

Confira algumas vantagens de se utilizar um antivírus pago:

  • Suporte: apenas as versões pagas garantem o direito de receber apoio, orientação e mesmo de reclamar por algum problema de uso ou mau funcionamento do antivírus;
  • Atualizações mais frequentes: como há uma maior proximidade com os usuários, as empresas desenvolvedoras sabem quais são as deficiências de seus produtos e, por isso, têm maiores condições de promover melhoras nos mesmos. Desse modo, o usuário se mantém sempre protegido, pois a cada nova ameaça, soluções são desenvolvidas imediatamente;
  • Proteção completa: ao contrário das versões gratuitas que apenas identificam e retiram os vírus, as versões pagas são mais completas. Elas normalmente contam com antimalwares, antispywares, antiphishing, antispam e parental control. Essas funções protegem contra programas espiões, e-mails falsificados e contaminados, assim como permitem total controle sobre quais os tipos de sites acessados. Além disso, os antivírus pagos cuidam de uma máquina de forma preventiva, enviando alertas sempre que algo suspeito for detectado.

Sendo assim, é possível afirmar que o investimento em um antivírus pago é providencial para proteger dados pessoais, empresariais e, sobretudo, aqueles que devem se manter longe do conhecimento público.

Receba nossos posts por feed ou email

Posts Relacionados

5 Comentários

  1. Eu usava um anti-vírus grátis, mas tinha que formatar o computador de 6 em 6 meses, por causa de vírus. Eram tantos que chegava a aparecer uma tela vermelha e não queria iniciar. O.O
    Depois de um tempo comprei um anti-virus, é bem melhor que esses pagos. Meu computador ainda pega vírus, mas grande parte ele resolve.

    • Rafa, não quis ser tendêncioso na postagem. Nem fazer propaganda. Mas recomendo o Kaspersky. Muito bom! Uso a mais de 2 anos e nunca mais tive problemas com vírus.

      abraços

  2. Sinceramente, utilizar antivírus só é útil quando você é um usuário leigo.
    Quase todos eles são bem pesados e na maioria das vezes resolvem o problema superficialmente. Geralmente eles deixam até o seu PC um pouco mais lento.
    O que eu recomendo é ler mais, se informar mais, entender como funciona o computador e assim todos os seus problemas relativos a isso irão sumir naturalmente.
    Não uso antivirus a mais de 5 anos e garanto: É muito mais importante “saber no que você está clicando” do que ter um super antivírus. Ah, e é claro, meu computador agradece.

  3. gostei muito de seu blog e dentro do contexto antivírus aconselho O Microsoft Security Essentials é gratuito e foi projetado para ter instalação simples e fácil utilização.

Faça um comentário